CICLISMO e CICLOATIVISMO
A DGE Corretora de Seguros apresenta seu servico de Seguro de Bicicletas - voce NAO VAI SE LIVRAR da famosa "ficha cadastral", mas a contratacao pode ser feita 100% on-line e isso e uma coisa otima.

Veja em quais situacoes contar com a DGE Corretora de Seguros:

ROUBO E FURTO QUALIFICADO - protecao contra roubo e furto da bike, durante o uso ou enquanto guardada ou transportada.

ACIDENTES - cobre os custos de reparo ou reposicao em acidente coberto, enquando o Segurado pedala ou transporta a bike.

RESPONSABILIDADE CIVIL - cobertura garantira os danos causados a terceiros durante a vigencia da apolice.

COBERTURA EM TODO O TERRITORIO NACIONAL - protecao em todo o Brasil, alcancando os 26 estados mais o Distrito Federal.

OUTROS PONTOS POSITIVOS A CONSIDERAR

- App Mobile, Central de Beneficios, Pontos Multiplos, Sala de Emergencia, Furto em Territorio Nacional, Danos Materiais a Terceiros, Danos Corporais a Terceiros, Acidente com veiculo transportador, Acidente enquanto pedala, Danos Parciais decorrente de acidente coberto, Pagameto com Cartao de Credito, Parcelamento sem juros, Cobre danos causados durante competicao.

A FICHA CADASTRAL PARA SOLICITAR ORCAMENTO VOCE ACESSA NESTE LINK

https://sites.google.com/site/seguroparabikes/arquivos/Ficha%20Cadastral%20Bike.xlsx

PREENCHA A FICHA E MANDE PARA SEGURO@CICLISMO.ESP.BR


Participe do fórum, é rápido e fácil

CICLISMO e CICLOATIVISMO
A DGE Corretora de Seguros apresenta seu servico de Seguro de Bicicletas - voce NAO VAI SE LIVRAR da famosa "ficha cadastral", mas a contratacao pode ser feita 100% on-line e isso e uma coisa otima.

Veja em quais situacoes contar com a DGE Corretora de Seguros:

ROUBO E FURTO QUALIFICADO - protecao contra roubo e furto da bike, durante o uso ou enquanto guardada ou transportada.

ACIDENTES - cobre os custos de reparo ou reposicao em acidente coberto, enquando o Segurado pedala ou transporta a bike.

RESPONSABILIDADE CIVIL - cobertura garantira os danos causados a terceiros durante a vigencia da apolice.

COBERTURA EM TODO O TERRITORIO NACIONAL - protecao em todo o Brasil, alcancando os 26 estados mais o Distrito Federal.

OUTROS PONTOS POSITIVOS A CONSIDERAR

- App Mobile, Central de Beneficios, Pontos Multiplos, Sala de Emergencia, Furto em Territorio Nacional, Danos Materiais a Terceiros, Danos Corporais a Terceiros, Acidente com veiculo transportador, Acidente enquanto pedala, Danos Parciais decorrente de acidente coberto, Pagameto com Cartao de Credito, Parcelamento sem juros, Cobre danos causados durante competicao.

A FICHA CADASTRAL PARA SOLICITAR ORCAMENTO VOCE ACESSA NESTE LINK

https://sites.google.com/site/seguroparabikes/arquivos/Ficha%20Cadastral%20Bike.xlsx

PREENCHA A FICHA E MANDE PARA SEGURO@CICLISMO.ESP.BR
CICLISMO e CICLOATIVISMO
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Últimos assuntos
» SEGURO PARA BICICLETA
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySab 4 Abr 2020 - 1:02 por Admin

» CALOI BICICLETAS
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySab 4 Abr 2020 - 0:14 por Admin

» Reclinada para o transito - inspirado nas joias europeias
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySeg 15 Out 2018 - 10:17 por Admin

» São Paulo - SP - Polêmica das ciclovias
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySeg 13 Abr 2015 - 20:21 por Admin

» FOR SALE:2014 Bikes,Trek,Scott Genius,Specialized,Cannondale & Giant Anthem Bikes
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySeg 24 Nov 2014 - 14:16 por bikemall1

» CTB Código de Trânsito Brasileiro para Ciclistas
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyTer 27 Maio 2014 - 13:56 por cypriano

» SOROCABA - SP
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyTer 13 Maio 2014 - 20:17 por sergio_moraes

» Opinião SCOTT Speedster 50 2013 x Specialized ALLEZ 2014???
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySab 30 Nov 2013 - 23:42 por Alan Ricardo

» scott scale 970 x specialized carve comp????
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyQui 21 Nov 2013 - 17:55 por Valmir Dimas de Andrade

» Bike no Paraguai
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyQui 21 Nov 2013 - 8:59 por Valmir Dimas de Andrade

» Ideias para Presente com Desconto?
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySex 25 Out 2013 - 16:32 por brendaaa-santos-86

» Mundial de BMX 2013 - final
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyQua 9 Out 2013 - 11:14 por Admin

» Ciclofaixas em Nova Iorque
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyQua 2 Out 2013 - 14:11 por Admin

» Ciclovia musical - São Paulo - SP
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptySex 23 Ago 2013 - 13:33 por Admin

» VELOCIDADE MÉDIA EM PERCURSO DE TREINO SPEED
MELBOURNE - Um exemplo!!! EmptyQua 23 Jan 2013 - 10:44 por leoquimico

Junte-se ao "Team Paraná"

Mundo das Bikes!

Indique aos amigos!
FaceBikers - clique e entre nesse Grupo!
MELBOURNE - Um exemplo!!! Logo07c
Social bookmarking

Social bookmarking reddit  Social bookmarking google      

Partilhe com seus amigos e fique antenado!

Conservar e compartilhar o endereço de CICLISMO e CICLOATIVISMO em seu site de social bookmarking

Quem está conectado ?
4 usuários online :: 0 Registrados, 0 Invisíveis e 4 Visitantes

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 151 em Seg 2 Set 2019 - 13:22

MELBOURNE - Um exemplo!!!

Ir em baixo

MELBOURNE - Um exemplo!!! Empty MELBOURNE - Um exemplo!!!

Mensagem por Admin Ter 12 Maio 2009 - 17:46

"Melbourne é simplesmente maravilhosa. Você pode se perder nos recantos e quebras de quadras que permeiam a cidade. Enquanto você caminha você sente o livre escoamento do ar, sem impedimentos, para seu deleite. Para uma cidade com quase 4 milhões de pessoas, as ruas se assemelham, na pressa e agitação, com a cidade de Nova Iorque, mas sem o perigo onipresente e o estresse causado pelos carros.
Existe uma valiosa lição aqui.
No início dos anos 90, Melbourne estava longe de ser um paraíso para os pedestres, até Jan Gehl ser convidado a realizar um estudo e publicar recomendações sobre melhorias nas ruas e espaços públicos. Dez anos após as conclusões do 'inquérito', Melbourne é um lugar notavelmente diferente, graças às calçadas largas e às abundantes árvores que foram plantadas. Com uma florescente cultura de "cafés", e vários tipos de restrições a veículos em algumas ruas, espaço público e arte abundam. E tudo isso é um boom econômico para os negócios".
O testemunho é de Clarence Eckerson (da STREEFILMS), após uma viagem a Melbourne, onde diz ter encontrado um mundo novo na cidade. No fillme abaixo existem ainda vários testemunhos de moradores da cidade, que contam como a cidade mudou em uma década dedicada à melhoria dos espaços públicos.

No vídeo, ouve-se que Melbourne é uma das cidades mais "vivíveis" que existe, focada em garantir bons espaços públicos, ruas para o público(pedestres), bom transporte público e bastante focada em infraestrutura para pedestres e ciclistas, como vias para ciclistas, vias separadas para ciclistas.

Alguns comentários de moradores:
- que é um lugar é um lugar muito bom para andar, passear e para "sentir" tudo o que está acontecendo.
- são os detalhes, a sutileza, a diversidade cultural, os cafés e as "pequenas descobertas" que a tornam um lugar especial.
- comentam a visão dos arquitetos e urbanistas, privileviando a "vida" das pessoas, e também como a criação de "boulevards" (ruelas) e galreias avivou o comércio, criou espaçõs artísticos e contribuiu para "melhorar" a cidade. E como esses "boulevards" ou pequenas ruas funcionam como um "organismo", pela atividade e pelo "senso de comunidade".

E sobre esse assunto: espaços urbanos, facilidades x dificuldades para as pessoas, - tudo porque a estrutura é feita para atender a "Sua Majestade, o AUTOMÓVEL"*, lembrei que algum tempo atrás li "en passant" um texto que falava de quanto espaço "perdido" existe nas cidades, para conveniência exclusiva do uso dos automóveis.
Não lembro onde vi e nem o nome do autor, e ainda por cima estava em inglês. Não consegui ainda achar, ainda, mas sou persistente.
Mas aquilo me deixou com uma pulga atrás da orelha. Afinal, quanto espaço da cidade, E DAS PESSOAS, as ruas (o espaço dos carros) tomam? Tenham uma idéia:

Em Curitiba
Av 7 de setembro - 25m (media) x 5440m = 136.000 m2
Av. Visc de Guarapuava - 25m (media) x 4960m = 124.000 m2
Só essas duas ruas: 280.000 m2
Agora, na área compreendida dentro do seguinte quadrilátero:
AV Visconde de Guarapuava - da esq com Rua Lamenha Lins até esq com a Rua Bento Viana
Rua Bento Viana - da esq com Visc Guarapuacva até a esq com a rua Brasilio Itibere
Rua Brasilio Itibere - da esq com Bento Viana até a esq com a rua Lamenha Lins
Rua Lamenha Lins - da esq com Brasilio Itibere até a Visc de Guarapuava
Comprimento linear total: aproximadamente 4,08 Km (ou um quadrado de 1.000m x 1.000m), portanto área de 1.000.000m2
Comprimentos das ruas (paralelas e perpendiculares à Visconde) x largura - cálculo aproximado:
- Silva Jardim, Iguacu, 7 Setembro e Getulio Vargas: 90m x 4000m = 360.000m2
- petit carneiro e eng rebouças: 20m x 780m = 15.600m2
- ruas perpendiculares à Visconde: 20m x 6480m = 129.600m2
Dentro dessa pequena área, a área tomada pelas ruas é de: 505.200m2 (mais da metade)
EM TODA A CIDADE DE CURITIBA
Metragem total de ruas em Curitiba (dados de 2004 - fonte IPPUC)
http://ippucnet.ippuc.org.br/Bancodedados/Curitibaemdados/anexos/2004_Extens%C3%A3o%20de%20Ruas%20e%20%C3%81rea%20dos%20Bairros%20em%20ha,%20km%C2%B2%20e%20m%C2%B2.pdf
Metros de ruas em Curitba:
4.325.838,07m x 16m (média estimada de largura das ruas) = 69.213.409,12 m2

Agora imaginem a cidade de São Paulo - 91.000 ruas
Só para ter uma idéia, os trechos principais de duas ruas
Av Paulista - 40m x 2560m = 102.400 m2
Av Rebouças - 30m x 3000m = 90.000 m2
Admin
Admin
Master

Masculino
Número de Mensagens : 517
Idade : 52
Humor : ácido, constante
Data de inscrição : 21/02/2008

http://www.ciclismo.esp.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum